Alimente-se bem nas viagens

Nat alimentos dicas saudaveis para viajar

Viajar, seja de férias ou a trabalho, não precisa ser sinônimo de má alimentação. Você não precisa, de fato, perder horas na cozinha em frente ao fogão, mas pode seguir algumas dicas que vão te ajudar a manter boas refeições. Na hora em que a fome chegar em momentos inapropriados, não esqueça da existência de sanduíches de frango com salada! Confira:

1- Invista em produtos prontos, mas saudáveis: Você não precisa se dar ao trabalho de ficar preparando refeições durante suas férias, mas opte por alimentos saudáveis, como iogurtes, frutas in natura, oleaginosas, barrinhas de cereal, cereais e grãos integrais etc.

“Comer um iogurte com aveia acompanhado de uma fruta no café da manhã já é uma refeição completa, com todos os grupos alimentares necessários para começar o dia”, afirma a nutricionista Roseli Rossi, da Clínica Equilíbrio Nutricional.

2- Saladas prontas ou pré-higienizadas: Não deixe a preguiça tomar conta. Se você quer poupar tempo, compre vegetais já higienizados – algumas saladas já vêm até picadas.

Mas cuidado: essas opções já fatiadas têm duração de apenas 24 horas. “Isso porque quanto mais cortado é o legume ou a verdura, mais rápido ele sofre oxidação e perde nutrientes”, explica a nutricionista Roseli Rossi.

Nat alimentos dicas saudaveis para viajar

3- Congele as próprias refeições: Você adora comer arroz com feijão, mas morre de preguiça de prepará-los todos os dias em uma viagem? Congele. “Quando for congelar o arroz e o feijão, sempre os deixe um pouco mais duros que o normal, pois o ato de congelar e descongelar deixa o alimento naturalmente mais mole”, disse a nutricionista Roseli Rossi.

E fica a dica quanto as carnes: “Depois que ela estiver bem fria, corte nas porções adequadas, embale em potes ou sacos com o mínimo de ar possível dentro e congele”, conta Roseli. A duração média desses alimentos congelados é de três meses!

Já alimentos com textura naturalmente amolecida, como ovos, maionese, iogurte, creme de leite, queijos e macarrão não devem ser congelados pois perdem nutrientes.

4- Evite o uso do micro ondas: Ele pode ser usado, mas não com frequência. “Esse forma de aquecimento aumenta os radicais livres dos alimentos, que aceleram o envelhecimento das células do organismo – e não deve ser utilizada todos os dias”, explica a nutricionista Roseli Rossi. Por isso, evite o uso deste aparelho, procurando usá-lo apenas em casos de necessidade extrema.

Esse procedimento deve ser feito de preferência em recipientes de vidro tampados. “Ao acrescentar um pouco de água e fechar o recipiente, a retenção dos nutrientes é quase total”, conta a nutricionista Vivian Goldberger.

5- E para beber? A opções compradas prontas podem ser bastante saudáveis, como água mineral, água de coco, polpas de fruta e sucos naturais ou à base de soja – algumas marcas, inclusive, disponibilizam os sucos orgânicos, que não possuem conservantes.

Outra opção é congelar as polpas de frutas em casa ou fazer uma grande quantidade de suco e congelar em fôrmas de gelo. “Dessa forma, sempre que você quiser um suco de fruta, basta tirar de dois a três cubos do congelador e deixá-los derreter em um copo com água”, explica a nutricionista Roseli Rossi.

Agora é escolher o destino e preparar a bagagem!

Fonte: Minha Vida

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s